Warning: Creating default object from empty value in /customers/d/e/3/amarimefalou.com.br/httpd.www/wp-content/themes/enfold/config-templatebuilder/avia-shortcodes/slideshow_layerslider/slideshow_layerslider.php on line 28 Warning: session_start(): Cannot start session when headers already sent in /customers/d/e/3/amarimefalou.com.br/httpd.www/wp-content/themes/enfold/config-templatebuilder/avia-shortcodes/masonry_entries/masonry_entries.php on line 56 Warning: session_start(): Cannot start session when headers already sent in /customers/d/e/3/amarimefalou.com.br/httpd.www/wp-content/themes/enfold/config-templatebuilder/avia-shortcodes/portfolio/portfolio.php on line 34 LIBERTAÇÃO ANIMAL | A Mari me Falou

LIBERTAÇÃO ANIMAL

  • LIBERTAÇÃO ANIMAL

Querid@s, não sei se todo mundo reparou no detalhe que eu sou pedagoga, logo tenho apego a livros e materiais impressos, tenho pesquisado, mas não tenho encontrado muita coisa nesse sentido, e bem fundamentado. Mas vou pesquisar mais!!!  Um dos poucos clássicos que é efetivamente da área deste estudo é o livro “Libertação Animal” do professor, titular de bioética da Universidade de Princeton, Peter Singer. O livro é referência na literatura sobre os movimentos pelos direitos dos animais e sobre os reflexos e benefícios do veganismo.

Constitui, para o trabalho que se desenvolve, uma obra básica de consulta, já que engloba questões éticas que permeiam o consumo de carne, a questão econômica, o vegetarianismo como alternativa de baixo impacto ambiental, entre outros. Trata-se de um trabalho científico que traz respaldo para conceitos conhecidos ou não na academia, como o termo especismo, o ponto de partida para as reflexões do autor: Os racistas violam o princípio da igualdade ao conferir mais peso aos interesses de membros de sua etnia, quando há um conflito entre os próprios interesses e os daqueles que pertencem a outras etnias. Os sexistas violam o princípio da igualdade ao favorecer os interesses do próprio sexo.

Analogamente, os especistas permitem que os interesses de sua própria espécie se sobreponham aos interesses maiores de membros de outras espécies. O padrão é idêntico em todos os casos. (SINGER, 2013, p.15)

Sobre mim

Nascida em São Paulo, no ano de 1982, enquanto o sol estava em Aries. Sonhava em ser professora, escritora e acadêmica. Sempre amou mato, praia e animais.
Com ascendente em Touro, sempre teve muito apetite, comia tudo que via pela frente. Em 2000 concluiu o magistério, 2001 começou a lecionar e continua até hoje.

Em meados de 2003 teve o primeiro contato com o universo vegetariano, quando sua irmã começou a transição para essa dieta. Interessou-se, experimentou, aprendeu algumas receitas, mas continuou sua vida entre receitas vegetarianas e carnistas, mas sempre recebendo bem as informações sobre alimentação, benefícios, saúde e exploração animal.

Em 2010 concluiu a graduação em Pedagogia e em 2012 a pós em Psicomotricidade. Em outubro de 2015 esse banco de informação foi se transformando em consciência, gradativamente foi retirando o consumo de carne no dia a dia, e em maio 2016 tomou a decisão de não se alimentar de morte.